Livro: Curso Juiz de Paz Eclesiástico

Autor:

Categoria:

Páginas:

Sinopse

Função primordial e de grande reconhecimento inerente ao Ministro Religioso da Justiça de Paz!

Consubstancia-se na possibilidade de celebração do casamento civil, no mesmo ato e momento da celebração do casamento religioso. Ou seja, o Pastor, após o término da realização da cerimônia religiosa do matrimônio, em que esteve investido na condição da autoridade religiosa, em ato subseqüente, com a permanência dos noivos no altar, assume autoridade civil, e realiza a celebração do casamento civil, nos termos da lei, perante toda a Igreja.

SAIBA MAIS!


Postados recentemente

Será que a Bíblia é Verdadeira… Mesmo?

,

Novas Evidências que Demandam Um Veredito. Evidência 1 & 2 – Volume Único

O Mestre da Sensibilidade – Vol 2

A Verdade Nua e Crua

O Toque De Midas – John Train

O Toque de midas

Não Tenho Fé Suficiente Para Ser Ateu

O problema do mal: Uma antologia de textos filosóficos

A Manifestação da Glória de Deus

Guia Completo do pregador

E-book 4 Semanas Para Conquistar Clientes de Coaching

Coletânea Liderança #2 da série "A Escalada"

Barnabé : Um legado épico

Capitalismo, Socialismo e Democracia

O Futuro da Democracia

O Ódio à Democracia